22.4.15

Os mistérios da mente

As mulheres, mesmo que mostrem respeito pelos méritos ou autoridade dos homens, veem-no sempre, secretamente, com comiseração, com uma sensação próxima da piedade. O que o homem diz ou faz, por mais brilhante que seja, raramente as engana; veem-no como ele é por dentro e não raro o acham vazio, patético até. Neste fato, talvez resida uma das melhores provas da intuição feminina. As características desta intuição são simplesmente uma aguda e acurada percepção da realidade, uma imunidade natural ao encantamento emocional e uma incansável capacidade para distinguir claramente entre a aparência e a substância. A aparência do homem, até pode ser de um magnifico herói, de um semideus. A substância, para elas, é a de um pobre coitado (*).

J. Eustáquio de Andrada, in A sabedoria ao alcance da juventude

(*) Nota-se que o ilustre Andrada continua a beber nas fontes de Mencken.