28.12.16

Basta juntar especiarias

O poeta surrealista Paul Celan, que encontrei na companhia de Hans Weigel ontem à noite, e que é muito fascinante, apaixonou-se maravilhosamente por mim, e isso acrescenta algumas especiarias à minha vida sinistramente laboriosa.

[De uma carta de Ingeborg Bachman, então com vinte e dois anos, aos seus pais, escrita a 17 de maio de 1948.]