1.2.17

Aqui-d’el-rei

Em dois mil e doze espalhou-se a indignação pelos pais e mães de família deste país porque um livrinho de poemas de Alice Vieira encontrou caminho sozinho para o Plano Nacional de Leitura e era coisa para adultos e não para jovens cabeças em formação. Cinco anos depois, volta a haver um aqui-d'el-rei, desta vez porque um livro de valter hugo mãe chegado também ao Plano Nacional de Leitura tem dois parágrafos com linguagem passível de chocar os sensíveis progenitores.

Seria preciso acreditar que os pais do jovem potencial leitor conseguem assegurar que seu rebento vive num ambiente controlado e asséptico sem Tumblr, sem Snapchat e sem séries da HBO em ecrãs grandes ou pequenos. Porque é evidente que se tivesse acesso ao que se elenca na linha anterior, olharia para os poemas de Alice Vieira ou para os parágrafos de vhm, encolheria os ombros e passaria à frente: para quê perder tempo com poesia ou prosa com meia dúzia de palavras gastas quando, como se sabe, uma imagem vale mil palavras e só o Tumblr tem uns trezentos e trinta e três milhões de blogs[*], muitos deles com inúmeras imagens a valerem as tais mil palavras ou mais ainda?

É só fazer as contas.

[* Fonte: statista.com]