9.3.17

A senhora vestida de branco

Está muito bem: profere a senhora vestida de branco enquanto descola os elétrodos como se retirasse uma presa da boca de jacarés. Sorrio. O meu coração, esse pseudo-fleumático, nunca se desmancha.