12.7.17

relógio profundo

só sinto falta de ti
quando o ponteiro
estremece
ante o abismo
de um novo segundo