12.4.18

Coca-Cola e vinho tinto

Há para aí agora um escritor novo que faz um cagaçal medonho com a sua obra. Chama-se Lobo Antunes e diz ele que não lhe interessa a literatura europeia e que formou o gosto na americana. Perguntam-me se aprecio o novo génio. E eu disse:
— Não gosto de Coca-Cola. Prefiro vinho tinto.

[Vergílio Ferreira, Conta Corrente, 25 de Novembro de 1985]